Aumente a segurança de seus animais e de sua propriedade

, #Manejo Inteligente

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), por meio do Instituto CNA, acompanha o aumento da criminalidade no meio rural.

Em um estudo realizado a partir de dados do Observatório da Criminalidade no Campo, furtos e roubos representam 82% das denúncias feitas ao órgão por meio de formulário online e do aplicativo WhatsApp. Entre 2015 e 2017, somente nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram registrados mais de 32 mil furtos de cabeças de gado.

O pior é que apenas quem tem sofrido a violência no meio rural é que sabe da sua existência, pois o restante da sociedade brasileira praticamente ignora o surgimento desse fenômeno na vida do homem do campo. 

Portanto, os proprietários precisam adotar diferentes tipos de estratégia, uma vez que o ideal é antecipar tudo aquilo que possa trazer algum dano ou prejuízo para seu patrimônio.

Neste cenário, o uso de tecnologias na prevenção de roubos e assaltos a fazendas e propriedades rurais tornou-se ferramenta indispensável.

 

Confira abaixo algumas dicas para melhorar a segurança da sua propriedade rural.

 

Monitoramento

O monitoramento é sempre uma ação essencial no que se refere à segurança. No caso das propriedades rurais, o ideal é que você instale câmeras de segurança em toda a propriedade. A recomendação é colocá-las em pontos estratégicos, de modo que possibilitem uma visão de todo o espaço.

Além disso, é interessante que você tenha um vigia noturno para fazer esse monitoramento fora do horário de expediente. Essa pessoa pode tanto ficar na central controlando as câmeras como circular pela propriedade, dependendo daquilo que for ideal para o seu negócio.

 

Controle as pessoas que acessam sua propriedade

Para evitar visitantes indesejados ou inesperados, sua primeira preocupação deve ser cercar toda sua propriedade. Investir em materiais de boa qualidade, colocar mourões próximos uns dos outros e fazer uma cerca com altura média de 1,70m, são algumas medidas básicas de segurança.

Para garantir ainda mais a segurança da sua propriedade, o ideal é que ela tenha apenas uma entrada e saída. Desse modo, todas as pessoas precisarão passar pelo mesmo lugar e você pode montar uma portaria para fazer um controle ainda mais eficaz.

 

Utilize equipamentos de segurança

Além das câmeras de segurança, existem outros equipamentos que podem ser utilizados

Alarmes sonoros e cercas elétricas são itens que costumam ser usados em conjunto para inibir ações criminosas. Recente no Brasil, o monitoramento por meio da fibra óptica é capaz de identificar todo o tipo de aproximação de veículos e pessoas, permitindo a prevenção de invasões e acionamento de setores de segurança e reforço policial.

Investir em iluminação é outra forma de garantir a segurança em propriedades rurais. Lugares escuros favorecem esconderijos para os bandidos, então, se tudo estiver bem iluminado fica mais difícil passar despercebido.

 

Tenha um bom sistema de comunicação

Muitas vezes, as propriedades estão afastadas dos grandes centros urbanos, sendo comum não haver telefone, internet e outros recursos para manter contato com as pessoas. 

Isso não pode acontecer com a sua propriedade. As torres de telefonia cada vez mais expandem as suas áreas de alcance, então, se não for possível utilizar uma operadora, prefira outra.

Se mesmo assim você não conseguir ter telefone, existe a opção da internet. Ela pode vir por cabo, sinal via rádio e via satélite. 

Em último caso você pode recorrer ao rádio, uma tecnologia um pouco mais antiga, mas que ainda funciona perfeitamente e é uma ótima opção para quem não pode recorrer a recursos mais modernos. 

Não se esqueça de que todos os seus colaboradores precisam ter facilidade de comunicação com a sede da propriedade. É essencial que eles consigam notificar rapidamente o que possa estar acontecendo, a fim de que o responsável reporte a você ou às autoridades.

 

Elabore um bom sistema de segurança

É importante também haver uma integração entre os equipamentos de segurança que você instalou, pessoal bem treinado no monitoramento e um bom equipamento de comunicação para notificar rapidamente qualquer ocorrência. 

Também mantenha um bom relacionamento com seus vizinhos, pois eles podem ajudar a monitorar a movimentação de pessoas estranhas em sua propriedade. Tenha o contato deles, crie grupos para envio de mensagens e troca de informações.

Outro aspecto fundamental de um bom sistema de segurança são as pessoas, a contratação de colaboradores deve ser cuidadosa. Confira documentos e referências, peça indicações e contrate apenas se você sentir confiança

Além disso, identifique todos os seus equipamentos e animais para que sejam facilmente identificados caso haja um furto.

 

Tecnologia de identificação 

A AgroByte desenvolveu a tecnologia Manejo Inteligente para auxiliar o produtor na identificação e controle de seus animais.

A tecnologia é bem completa, identificando animais através de brincos com tecnologia de radiofrequência RFID, mantendo um registro em tempo real de pesagens e manejos e oferecendo relatórios com dados estratégicos e orientações para melhorar a produção.

Isso tudo em um único lugar, acessível pelo seu computador pessoal ou smartphone, com total segurança de que sua informação está protegida.

É um passo em direção a uma maior segurança de seu rebanho, além de ter todas as informações sobre pesagem, preço e rendimento, você também sabe a exata quantidade de animais que possui e identifica rapidamente caso algo ocorra com algum deles.

Para mais informações sobre o Manejo Inteligente, clique aqui.

 

 

Fonte: Diagnóstico de Criminalidade no Campo (clique para acessar)