Pecuária 4.0: abra sua porteira para a Era dos Dados

, #Manejo Inteligente

Quando olhamos para trás na tradição da pecuária, percebemos que hoje está havendo uma nova revolução. O mundo mudou, e percebemos que apenas deixar o animal no pasto não é mais sinônimo de lucro. 

 

Hoje, para atingir a sustentabilidade e a competitividade é fundamental saber quando e como redesenhar o plano, revisar a estratégia e otimizar o negócio com o auxílio de novas tecnologias. Afinal, a era dos dados chegou para mudar o rumo de toda a história -- e o futuro da pecuária não é uma exceção.

 

Antever, medir, estimar -- e agir -- faz parte de qualquer negócio lucrativo. Mas a prática de coletar informações sobre pesagens, entradas de insumos e vendas, ela por si só,  não proporciona isso. É preciso ter sempre clara a relação entre os resultados (dados) e as expectativas (metas).

 

Por outro lado, são muitas informações para processar e muitas vezes não é possível identificar uma conexão entre elas, ainda que seja essa a diferença entre sucesso e fracasso. É nesse cenário que está ficando cada vez mais evidente a importância do auxílio de novas tecnologias para otimizar o negócio.

 

Um pecuarista moderno atua em três níveis. Primeiro, o nível estratégico, em que é estabelecido um foco estratégico para o negócio. Segundo, o nível tático, em que o nível anterior é levado em consideração para a criação de um plano tático, financeiro e produtivo. Por fim, o terceiro é o nível operacional, em que há esforço e execução para atingir as metas do nível anterior.

 

Os dois primeiros níveis dependem muito de como o produtor enxerga oportunidades, da sua capacidade de investimento, do espaço disponível (tamanho e topografia), do sistema de produção (extensivo, intensivo, misto) e sua escala, e ainda de outras informações.

 

No terceiro nível, existem algumas tecnologias inovadoras e inteligentes que vêm sendo desenvolvidas para dar apoio ao produtor, tanto na coleta das informações quanto na análise dos resultados. A novidade que trazemos aqui é o Manejo Inteligente.

 

O Manejo Inteligente é um sistema desenvolvido pela AgroByte que atua da pesagem à planilha e promete entregar análises de resultados produtivos e financeiros ao produtor a partir do histórico de pesagens e outras informações de manejo coletadas. ⁠

 

O Manejo é composto de três partes, como se fossem coração, olhos e cérebro: a Central Eletrônica, o Aplicativo de Coleta e a Plataforma de Gestão.

 

A Central Eletrônica é o coração do sistema, conectando o Aplicativo de Coleta à balança para a realização das pesagens. A Central se conecta a todas as balanças eletrônicas disponíveis no mercado.⁠

 

Os olhos são o Aplicativo de Coleta. Ao conectar-se com a balança através da Central, consegue manter um registro dos animais e suas pesagens com total segurança dos dados, que podem ser acessados no próprio Aplicativo e na Plataforma de Gestão.⁠

 

Por fim, a Plataforma de Gestão é o cérebro do sistema. Nela, as informações obtidas pelo Aplicativo são comparadas e organizadas de forma a exibir análises claras de resultados.

 

O produtor sabe, dessa forma, o rendimento dos seus animais, tem projeções do preço de venda dos lotes conforme o valor da arroba, além de ferramentas para manejo de lotes e animais onde quer que esteja.

 

A comunicação entre esses 3 elementos é o que torna o Manejo Inteligente uma solução integrada completa para o produtor para auxiliá-lo nas atividades operacionais e servir como suporte ao desenvolvimento de metas e estratégias, tornando seu negócio mais competitivo.